Introdução

A maioria das dietas leva à perda de peso e melhorias de saúde, mas esses efeitos desejados desaparecem em grande parte após um ano, porque simplesmente as pessoas abandonam o que as fez conquistar os resultados iniciais. (*)

O que isso sugere é que as pessoas interessadas em perder peso e mantê-lo precisam de um plano mais sustentável do que simplesmente fazer dieta.

Confira as principais chaves para que a carnívora seja a última dieta da sua vida.

Faça a dieta com a mentalidade correta

Pare de agir como uma noiva tentando perder peso desesperadamente em apenas um mês para conseguir caber no vestido de casamento, e que não se importa em como irá ficar um mês depois do casamento. 

Comece a dieta pensando que pela primeira vez na vida você vai colocar a sua saúde em primeiro lugar e isso implica focar em se nutrir corretamente, corrigir deficiências nutricionais que você apresenta e dar ao corpo a chance de se reparar após anos e anos de dietas sem fundamento. 

Se apaixone pela dieta 

Quantas dietas você já fez em que odiava tudo que tinha que comer? Quantas vezes você teve que comer alimentos sem graça para emagrecer? Você se sentiu apaixonado alguma vez pela forma como estava comendo?

Eu posso apostar que não. Assim como você, muitas vezes me vi obrigada a comer coisas que eu não gostava e isso tornava se manter na dieta um verdadeiro martírio.

Se você cogitou testar a dieta carnívora, a melhor coisa que você pode fazer é se apaixonar pela dieta carnívora e com a ideia de finalmente comer alimentos saudáveis e gostosos! 

Pense em "jogar o jogo longo"

A maioria das dietas ajuda na perda de peso a curto prazo, mas quando a perda de peso diminui, as pessoas voltam aos velhos hábitos e recuperam o peso. Esta é a ciência por trás do motivo pelo qual a maioria das dietas não funcionam.

Eu te encorajo a focar em "jogar o jogo longo". Isso significa encontrar uma forma de se alimentar que seja sustentável e parar de ficar pingando de dietas em dietas.

Não existe bilhete mágico para a perda de gordura. O que você precisa fazer é se manter no caminho certo e parar de se desviar todas as vezes que aparecerem as dificuldades ou promessas milagrosas que nunca se concretizam. 

Tenha um forte motivo para cuidar da dieta

Você precisa encontrar sua motivação interna para perder peso. Tenha um motivo que seja poderoso. Por exemplo, ao invés de focar em caber em uma roupa, foque em se cuidar para ter autonomia na terceira idade! 

Quem você acha que terá mais sucesso ao fazer dieta? A pessoa que só quer estar "mais seca" nas próximas férias ou a pessoa que resolveu se cuidar para ter saúde para cuidar de seus filhos? 

A segunda, obviamente. É por isso que você precisa estabelecer um motivo que seja forte o bastante para que você dê passos na direção certa todos os dias. 

Não tenha receio de ajustar a dieta para as suas necessidades

Não existe uma dieta única ou um plano de perda de peso que sirva para todos. Portanto, considere suas preferências, estilo de vida e metas pessoais e não tenha medo de adaptar a dieta para atender às suas necessidades. 

Se a dieta carnívora só é possível para você incluindo alguns alimentos que não fazem parte da dieta, não pense duas vezes antes de considerar individualizar para atender à sua realidade. 

Não desista quando algo sair diferente do planejado

Costumo receber muitas mensagens do tipo "Estava indo bem, mas no final de semana acabei comendo um doce, e agora?". E agora você simplesmente retorna para a dieta. Não há absolutamente nada que precise ser feito.

Você não deve pensar em nada estúpido como passar dias sem comer para se punir, comer menos comida nas próximas refeições para "compensar", fazer algum tipo de "detox" etc. 

Simplesmente retome a sua alimentação saudável e analise se deve tirar alguma lição do ocorrido. 

Conclusão

Quando decidi testar a dieta carnívora e após ver todos os benefícios que me trouxe, defini que seria a última dieta da minha vida.

O melhor que você pode fazer é testar a dieta, passar pela fase de adaptação e depois comparar como se sente com a dieta versus como se sentia em todas as dietas que já testou antes. Se o resultado for positivo, prossiga!

Você já deve ter feito inúmeras dietas ao longo da vida e já possui uma certa experiência com dietas. Ou seja, você tem o suficiente para decidir se o que a carnívora te proporcionou é ou não melhor do que tudo que já experimentou!

Agora me conta, a dieta carnívora será a última da sua vida?


No items found.
No items found.
No items found.