Como vocês devem saber, desde 2018 eu sigo uma dieta estritamente carnívora. Isso significa que toda a minha dieta é baseada em alimentos de origem animal.

"Ok, mas o que você come no café da manhã, almoço, lanches e na janta?". É a curiosidade que passa na cabeça de todas as pessoas quando têm um contato comigo pela primeira vez.

Pessoal, eu como carnes em todas as refeições. 

Mas nem sempre foi assim. Uma coisa que eu sempre estou reforçando é que devemos nos tornar especialistas em nós mesmos. 

O começo

Quando eu iniciei a dieta, quis fazer o mais ampla possível. Assim, me permiti consumir absolutamente todos os alimentos de origem animal: carnes diversas, vísceras, ovos e laticínios, além de café, chás e vinho tinto seco. 

Realmente vi resultados incríveis em vários aspectos e de forma muito rápida, mas o que me chateava é que a minha pele do rosto continuava com acne e sequer dava sinais de melhorar.  

Pensei: "É questão de tempo. Todo o resto melhorou, então logo a minha pele estará livre de toda essa acne".

Só que não foi assim. 

O ponto de virada

Depois de mais de um ano e meio de dieta carnívora, meu rosto estava um pouco melhor, mas não estava completamente livre da acne. Foi quando eu tomei a decisão de olhar com atenção para tudo que poderia impedir a minha cura. 

Decidi começar pelo café, chás e pelo álcool. Zerei completamente o consumo dos três e, como num passe de mágica, vi a minha pele melhorando mais e mais. 

Só que como não estava 100% ainda, decidi dar mais um passo e deixei de consumir ovos e laticínios. 

Vejam que todos esses alimentos, à exceção do álcool, são saudáveis, mas a questão é que para algumas pessoas nada sortudas, podem contribuir negativamente para a acne. 

O que posso dizer agora é que a pesquisa sobre dieta e acne não é forte o suficiente para fazer recomendações dietéticas específicas. Mas pode ser benéfico manter um registro alimentar para procurar padrões entre os alimentos que você ingere e a saúde de sua pele.

Via Negativa – Melhoria através da subtração

Durante o período que estava enfrentando acne mesmo em dieta carnívora, entrei em contato com algumas pessoas pedindo dicas. Recebi uma porção de indicações para suplementos, mas não me convenci. 

Se tem uma coisa que aprendi na vida, é que a subtração é muito mais poderosa que a adição. 

No livro Antifrágil, Nassim Taleb argumenta que a remoção de influências negativas pode ter um efeito muito maior sobre um resultado do que adicionar influências positivas.

Na tentativa de alcançar resultados melhores, muitas pessoas caem no padrão de adicionar elementos, mas resultados melhores podem ser gerados também por ações negativas, ou seja, pela exclusão de coisas que estão causando problemas.

Como está a minha pele hoje

Hoje a minha pele está 100% livre da acne e minhas refeições são baseadas em carnes de todos os tipos e vísceras.

"Ué Jade, eu já te vi postando que está comendo queijos e até mesmo consumindo receitas que vão ovos". Sim, é verdade. 

Realmente abro algumas poucas exceções para comer queijos, receitas que vão ovos e até mesmo para comer coisas como cogumelos (reino fungi). 

Tentei incluir novamente ovos e queijos de forma mais frequente? Sim, mas notei reações adversas na pele, não somente do rosto como do corpo de modo geral e entendi o recado que meu corpo deu. Não são alimentos para mim, ao menos não para fazerem parte da minha dieta de forma frequente.

O que eu consumo atualmente

Carnes, vísceras, água, caldo de ossos e sal. 

Isso significa que em todas as minhas refeições eu consumo carne, não importando se é no café da manhã, almoço e janta. Afinal, onde é que está escrito que não podemos comer carnes no café da manhã? 

Costumo fazer de 1 até 3 refeições ao dia, sendo basicamente uma antes de treinar, outra no pós treino - por volta da hora do almoço e uma última antes do início da noite. 

Os cortes que eu mais consumo

Todo mundo tem as suas preferências, não é mesmo? Eu gosto de variar entre cortes mais gordos e mais magros.

Os mais magros como filé mignon bovino e suíno e patinho são super fáceis de serem consumidos no pré-treino e os mais gordos como bife ancho, costelinha suína, coxinha da asa e coração de frango, normalmente deixo para o almoço e "janta" (antes das 18h/19h). 

Infelizmente as vísceras caíram em desuso e algumas pessoas ainda torcem o nariz para elas. Consumo o fígado bovino e o coração de galinha, ambos muito nutritivos e saborosos. 

O fígado é um alimento rico em nutrientes, uma excelente fonte de vitamina B12, vitamina A, cobre, folato, riboflavina, selênio e zinco; é uma ótima fonte de niacina, ácido pantotênico, fósforo, proteína, vitamina C e vitamina B6; boa fonte de ferro e tiamina.

O coração de galinha também é maravilhoso e rico em diversos nutrientes. Por exemplo, ele fornece vitamina B, é rico em ferro – responsável pela produção de hemoglobina e pelo transporte de oxigênio pela corrente sanguínea – e em zinco – que otimiza a manutenção do sistema imunológico.

Além disso, o coração de frango é a melhor forma de obter a coenzima Q10, que tem ação antioxidante e anti-inflamatória, importantes para o transporte de oxigênio pelo organismo e para a manutenção dos níveis de energia do corpo.

A qualidade das carnes importa 

Se você chegou até aqui, já deve ter aprendido sobre a importância dos alimentos de origem animal, mas o que quero te chamar a atenção é para a qualidade dos produtos! 

Comendo apenas carnes eu realmente me tornei uma consumidora experiente, que sabe escolher carnes até de olhos fechados! 

Como moro aqui em São Paulo, costumo comprar minhas carnes de forma online e recebo os produtos em mãos, como se eu mesma tivesse escolhido cada um deles. 

A Sagres entrega carnes da mais alta qualidade e perfeitamente porcionadas, trazendo mais praticidade para a sua vida!

Carnes embaladas à vácuo

O procedimento para carne embalada a vácuo tem por finalidade realizar a retirada do ar no espaço livre ao redor do produto e proporciona uma série de vantagens:

1) Segurança: No processo todo o oxigênio necessário para a proliferação de micro-organismos indesejáveis é retirado, inibindo o crescimento dos mesmos, pois o ambiente se torna desfavorável;

2) Preservação: A carne à vácuo otimiza o uso do refrigerador ou freezer pois reduz os riscos de contaminação entre os alimentos e a dispersão dos odores.

3) Conservação: Garante a conservação dos aspectos de cor, aroma e sabor!

Ao comprar suas carnes na Sagres você receberá carnes porcionadas com embalagem à vácuo, o que além da segurança evita desperdícios e otimiza seus esforços e tempo na cozinha. 

Conheça o Kit de carnes Jade Soller e use o cupom JADESOLLER10 na sua primeira compra de produtos na Sagres

Personalize a sua dieta carnívora

A dieta carnívora pode e deve ser personalizada para você.

Algumas pessoas gostam de incluir mais temperos, outras preferem usar apenas o sal. Tem quem goste de incluir todos os tipos de carnes, outros já preferem comer apenas a carne vermelha.

Nem todo mundo se dá bem com ovos e laticínios, mas muita gente se dá. Tem quem beba café, chá e álcool, outros bebem apenas água e caldo de ossos. 

Não existe certo ou errado - existe o que funciona para você!

E aí, como é a SUA dieta carnívora? Me conta aqui nos comentários.