Introdução

Muitos mitos e equívocos sobre nutrição são facilmente desmascarados com um pouco de bom senso e evidências científicas.

Mentira: Eles são responsáveis pelas doenças modernas

Não culpe os alimentos antigos  pelos novos problemas de saúde. A epidemia de obesidade começou por volta de 1980 e a epidemia de diabetes tipo 2 veio logo em seguida.

Esses são dois dos maiores problemas de saúde do mundo - e a dieta tem muito a ver com eles.

Alguns cientistas começaram a culpar essas epidemias por alimentos como carne vermelha, ovos e manteiga, mas esses alimentos têm feito parte da dieta humana há milhares de anos - embora esses problemas de saúde sejam relativamente novos.

Parece mais sensato suspeitar que novos alimentos sejam os culpados, como alimentos ultraprocessados, gordura trans, açúcar adicionado, grãos refinados e óleos vegetais.

Atribuir novos problemas de saúde aos alimentos velhos simplesmente não faz sentido.

Mentira: Comer ovos faz mal à saúde

Ovos inteiros são incrivelmente nutritivos, contendo uma grande quantidade de nutrientes em comparação com as calorias. Os nutrientes são encontrados nas gemas, enquanto as claras são principalmente proteínas.

Os ovos são um dos alimentos mais saudáveis ​​que você pode comer. Eles foram injustamente demonizados porque suas gemas são ricas em colesterol.

No entanto, estudos mostram que o colesterol dos ovos não aumenta o colesterol no sangue na maioria das pessoas (*) e novos estudos que incluem centenas de milhares de pessoas mostram que os ovos não têm efeito sobre as doenças cardíacas em indivíduos saudáveis ​​(*).

Os ovos estão entre os alimentos mais nutritivos que você pode encontrar, fornecendo virtualmente todas as vitaminas e minerais de que você precisa.

Além disso, os ovos são baratos, têm um sabor incrível e vão com quase qualquer comida.

Eles realmente são um superalimento excepcional.

Mentira: Bacon faz mal para a saúde

Muitos estudos relacionaram produtos de carne processada, como bacon, com câncer e doenças cardíacas, mas todos eles são estudos observacionais, que não podem provar a causalidade. 

As pessoas que comem muita carne processada tendem a seguir um estilo de vida pouco saudável em geral. É mais provável que fumem e façam exercícios com menos frequência.

Você pode comer bacon? Sim. A carne de porco é rica em muitos nutrientes, incluindo proteínas e várias vitaminas. O mesmo se aplica ao bacon.

A carne tende a ser muito nutritiva e o bacon não é exceção. Uma porção típica de 100 gramas de bacon contém (*):

  • 37 gramas de proteína animal de alta qualidade
  • Vitaminas B1, B2, B3, B5, B6 e B12
  • 89% da RDA para selênio
  • 53% da RDA para fósforo
  • Quantidades decentes dos minerais ferro, magnésio, zinco e potássio

Sugiro que você dê preferência para versões artesanais e com poucos ingredientes. 

Mentira: Gordura de origem animal não é saudável

Embora essa teoria antiquada e incorreta esteja lentamente sendo posta de lado, muitas pessoas ainda temem a gordura da carne, dos ovos, do queijo, da manteiga e seguem dietas com pouca gordura na esperança de que reduzir a ingestão de gordura beneficiará sua saúde geral.

A gordura dietética é essencial para uma saúde ótima.

Além disso, as dietas com baixo teor de gordura têm sido associadas a um maior risco de problemas de saúde, incluindo síndrome metabólica, e podem levar a um aumento na resistência à insulina e nos níveis de triglicerídeos, que são fatores de risco conhecidos para doenças cardíacas. (*, *)

Além do mais, as dietas com alto teor de gordura provaram ser tão eficazes - ou até mais - do que as dietas com pouca gordura no que diz respeito a encorajar a perda de peso. (*, *)

Muitos alimentos ricos em gordura são extremamente nutritivos e podem ajudá-lo a manter um peso saudável.

Mentira: Alimentos que contenham colesterol fazem mal

Alimentos ricos em colesterol têm tido uma má reputação graças a conceitos errôneos sobre como o colesterol na dieta afeta a saúde do coração.

Embora algumas pessoas sejam mais sensíveis ao colesterol dietético do que outras, em geral, alimentos ricos em colesterol, ricos em nutrientes, podem ser incluídos em uma dieta saudável. (*)

Na verdade, incluir alimentos nutritivos e ricos em colesterol como ovos em sua dieta pode melhorar a saúde, aumentando a sensação de saciedade e fornecendo nutrientes importantes que faltam em outros alimentos. (*, *, *)

Mentira: A proteína animal não é superior à vegetal

Os alimentos de origem animal são as fontes de proteína da mais alta qualidade. As fontes vegetais não possuem um ou mais aminoácidos, o que torna mais difícil obter todos os aminoácidos de que seu corpo necessita. (*)

Por exemplo, algumas proteínas vegetais importantes são frequentemente pobres em metionina, triptofano, lisina e isoleucina.

Além disso, as fontes de proteína animal são mais elevadas em certos nutrientes, como vitamina B12, vitamina D, ácido graxo ômega-3 DHA, ferro heme e zinco.

Conclusão

O mundo da nutrição está repleto de desinformação, levando à confusão do público, desconfiança dos profissionais de saúde e escolhas alimentares inadequadas.

Não é de se admirar que a maioria das pessoas tenha uma visão distorcida do que constitui uma dieta saudável.

Embora esses mitos sobre nutrição provavelmente tenham vindo para ficar, educar-se separando o fato da ficção quando se trata de nutrição pode ajudá-lo a se sentir mais fortalecido para desenvolver um padrão alimentar nutritivo e sustentável que atenda às suas necessidades individuais.

No items found.
No items found.
No items found.